Timbalada e Carnaval de Salvador – Como comprar Abadás e Entenda a ENERGIA do Carnaval! [dia 5]

Timbalada e Carnaval de Salvador. Neste artigo cocê vai descobrir um guia para comprar abadás de blocos e camarotes em Salvador e vai entender o que é a Energia do Carnaval. Chega mais!

Timbal. Timbal negro. Timbal baiano. Timbal-energia. Timbal-raiz.
Trio. Turma. Batuquetuquetuque. Pracumcum pracumcum babá.
Tem magia. Tem Timbalada. Toque de Timbaleiro.
Tem ENERGIA! Tem AXÉ!

Após esse pequeno poema pós-modernista, quero saber uma coisa: Você sabe o que é a “ENERGIA DO CARNAVAL”? Não?

Então me acompanhe aqui nesse texto, pois vou te explicar o significado. Antes de mais nada, preciso te dizer que, em meu 1º carnaval de SALVADOR, anos e anos atrás, o meu 1º bloco, a primeira vez que pisei na avenida oceânica, foi no Bloco da Timbalada…E sempre, sempre, saio pelo menos um dia no Bloco da Timbalada. Não importa o resto.

Hoje vocês vão descobrir como foi a nossa sexta-feira de Carnaval, o 2º dia de bloco e o 5º (!) de farra na Bahia. Tá pronto aí?

Como já disse para você em outro artigo, preferimos comprar pela internet (antecipadamente) somente os abadás da quinta (cocobambu) e sexta-feira (timbalada). Os outros deixamos para comprar em Salvador mesmo, na famosa “Rua dos Abadás”, ao lado do Shopping da Barra. A ideia era ter “menos trabalho” nos primeiros dias de Folia e depois resolvermos o resto.

Após a noitada de quinta-feira no Cocobambu, com Wesley Safadão (leia nosso artigo sobre esse dia aqui), a gente conseguiu descansar bem até, pois não fomos a nenhum camarote após o bloco. Mas ali no café do manhã, reunido todo o Conselho Jedi-Folião do #timeSomosCarnaval, tomamos uma decisão sábia: dar uma pausa nas idas à praia.

Por quê? Curtir a praia é sempre ótimo e relaxante. No entanto, ficar ali torrando no sol, desidratando tomando litros de cerveja e suando tem um efeito adverso ao fim de um dia…Bate aquela “lesêêêra”, aquele cansaço…Como os blocos começam a sair no início da tarde, muitas vezes não é uma boa estratégia se desgastar durante o dia. Cada cm³ de energia economizada é importante para a hora dos blocos e camarotes!

Sendo assim, dividimos o time: alguns ficariam em casa mesmo, só na manha; e outros iriam para a BATALHA DA RUA DOS ABADÁS, arranjar os abadás de sábado e domingo para toda a galera. O time é unido fez basicamente a mesma programação de blocos e camarotes para o carnaval.

Vamos falar um pouco, então, sobre a SAGA DE COMPRAR OS ABADÁS EM SALVADOR. Exploraremos isso com mais detalhes no próximo artigo. Mas vamos falar algumas coisinhas.

Essa é a famosa Rua dos Abadás.

Rua dos Abadás - Carnaval de Salvador
Rua dos Abadás. À esquerda, o Shopping da Barra. À direita, o supermercado Bom Preço.

Voltando para a nossa manhã na rua dos Abadás…Como o abadá de sexta já estava comprado e a decisão tinha sido de conhecer o Camarote Cerveja e Cia no sábado, achamos melhor já pesquisar os preços.
A gente podia comprar esses abadás tanto neste dia ou no sábado, mas é sempre bom sondar o preço do abadá do próximo dia e comparar com o preço dele nos sites de venda. Para evitar a especulação monetária do dia em si da atração, pode valer a pena comprar no dia anterior.

Precisávamos comprar 10 abadás, entre masculinos e femininos. De início, demos uma volta na feirinha e já com o aprendizado de outros carnavais, decidimos que iríamos comprar “picado”, conforme encontrássemos as ofertas boas. Não é tão fácil achar, mas acabamos achando um pessoal que estava vendendo a quantidade que a gente precisava.

Começamos a negociação. Comprar em uma quantidade alta como essa (10) nos permitia barganhar mais na negociação de preço. Mas, não se iluda, é sempre difícil, é sempre custoso e precisa ser sangue-frio para “trucar” o vendedor de abadá.

Após idas e vindas (literalmente, pois tivemos que voltar em casa para pegar mais dinheiro), contas e mais contas, fechamentos e desistências, finalizamos a compra. Fique atento: tenha muita clareza sobre quanto você está pagando, especialmente se estivar comprando em quantidade maior.

Dicas rápidas:
1) Faças as contas, lembre de comparar os preços e sempre pechinche, ok?
2) Anote imediatamente quem pagou quanto e quem está devendo quem (no nosso caso, alguns estavam sem dinheiro vivo, então ocorreram alguns empréstimos dentro do grupo).

Ficamos nessa milonga dos abadás umas 2 horas. Estávamos em um grupo de 4 homens, então cada um pegou alguns abadás, guardou devidamente e voltamos direto para o apartamento.

Depois disso, o trabalho ainda não tinha acabado. Também por experiências de outros carnavais, sexta é o dia de fazer aqueles saques estratégicos de dinheiro. Para quem estiver perto do Shopping da Barra, vale lembrar que sexta de carnaval é o ultimo dia de funcionamento normal do Shopping.

A partir do sábado, só funcionam algumas partes do Shopping, como a praça de alimentação. Então é a oportunidade de aproveitar o Shopping para comprar algo que você possa estar precisando (tênis, sandália, roupa etc) e para fazer o saque.

Esse é um ponto muito importante: não esqueça de controlar seu “fluxo de caixa” e faça seus saques de dinheiro logo no início do carnaval. Ficar indo toda hora em banco é um saco….

Ao fim dessa saga toda, já era hora do almoço e ficamos sabendo que alguns tinham decidido pegar uma prainha de leve rapidamente…Não aguentaram ficar no apartamento! Rs!

Em 2016, o Bloco da Timbalada saiu, na sexta-feira, às 16h30. Esse horário, na minha opinião, é o horário perfeito para a saída de bloco. O sol já não está tão forte assim e, mesmo que esteja, não demora muito para chegar o pôr-do-sol.

Chegamos no Farol da Barra um pouco antes da saída do Bloco, para poder curtir toda aquela expectativa e não perder nenhum momento.

A gente tá bem ali no meio...
A gente tá bem ali no meio…

O começo da Timbalada foi simplesmente alucinante e arrepiante. Em todos esses anos de carnaval foi, sem dúvidas, um dos começos de blocos mais emocionantes.

Veja aí essa gravação que fiz e tente não se arrepiar…

Quer mais? Segura essa TONELADA aqui então! E observe COMO É MASSA (!!!) esse comecinho do Bloco…Momentos mágicos!

Depois dessa dose de energia e axé na veia, não tinha como ser diferente…A sequência das 5,6 primeiras músicas só porradão, só “madeirada”, como se diz na bahia.

Não é em todo Bloco que isso acontece, mas na Timbalada – sou suspeito pra falar – a “vibe” do pessoal é muito boa. Por um lado, é um bloco como qualquer outro, com grupos, casais, solteir@s na caça, nativos e turistas. Por outro lado, a pegada é diferente, parece que estão todos juntos na curtição…Díficil de explicar.

Fica mais fácil de entender quando um dos nossos amigos vira pra mim e fala: “velho, eu tô arrepiado com isso aqui! Que energia é essa???”. Ou quando você repara em outro, ali, tentando disfarçar um choro de alegria e emoção…Perguntei o porquê do choro. Resposta: “Não sei, bicho. Isso aqui tá muito forte! Tô me amarrando! Quanto tempo perdi não conhecendo esse carnaval…”

E é aqui que eu já quero te mostrar um pouco sobre o que é essa tal de “energia do carnaval”. É isso: arrepio, choro, alegria, emoção…E forte, mais forte que você, você querendo ou não sentir, ela vem e chega.

E tudo foi seguindo muito bem, com um pôr do sol lindo e o Farol da Barra coroando a paisagem…E fomos avançando em direção a Ondina.

Timbalada Carnaval de Salvador - Somos Carnaval
O céu limpo e lindo…

Sobre as músicas tocadas no bloco, Denny e sua galera tocam de tudo, mas principalmente o repertório da própria Timbalada. Ele tocam TODOS os clássicos da banda. Ou seja, é muita música boa, uma atrás da outra.

Também achamos que o bloco estava bem organizado, com seguranças e cordeiros atuando a todo momento. Em todos esses anos de Timbalada, nunca vi uma confusão. Já passei por apertos quando fica muito cheio. Mas só isso.

Ah, você acha que Timbalada é só pros novinhos com energia sobrando? Que nada! É para todos!

carnaval de salvador todas idadescarnaval de salvador todas idades
Ele tava um pouco sério na foto…Mas juro que estava animadasso. Achei muito legal!

Já mais tarde um pouco, eis que percebemos o sumiço de um Casal do #timeSomosCarnaval. Pronto. Mais um sumiço…O trauma do Resgate do Soldado Ryan ainda não havia sido superado…Momentos de apreensão.

Por uma incrível coincidência, eu decidi olhar pra cima (em direção ao carro de apoio do trio principal) e vejo alguém acenando e pulando lá de cima…Coçei os olhos, esfreguei de novo e percebi que o casal de amigos estava lá em cima do carro de apoio!

Oxe! E como eles tinham ido parar lá? Ninguém sabia. Mas todos queriam estar lá em cima também. =)

Fizemos um contato visual (eles lá em cima e a gente na avenida) e pedi “BOTA A GENTE PÁ SUBIR!”. Instantes depois já estávamos lá em cima! Não me pergunte qual foi o “caô” que nossos amigos jogaram. Só sei que foi assim!

Você vai me perguntar: como é lá em cima do trio? Ah, é muito massa! Ver o bloco, os camarotes e as pessoas dali de cima é bem diferente.

Olha aí a vista do Trio…

Timbalada Carnaval de Salvador - SomosCarnaval

Um lado bom é que você descansa as pernas. Outro ponto positivo é que lá em cima há venda de bebidas, então ficou bem cômodo.

Como vocês já devem ter percebido, no nosso #TimeSomosCarnaval, sempre tem um gênio para dar ideias criativas…Não passou muito tempo, alguém deu a ideia: “Bora paquerar a galera daqui de cima???”. Pronto. Pense na zorra que foi.

A gente lá de cima dando tchau pras pessoas, mandando beijinho, pedindo pra pessoa subir no trio, fazendo sinal de coração…E criando o caos e a discórdia lá embaixo.

Teve esposa cutucando homem que correspondeu ao beijinho das meninas. Teve namorado que ficou bravo com namorada que mandou coração pra gente. Teve gente que realmente quis subir no trio para corresponder à paquera….

E foram muitas e muitas risadas nessa bagunça aí!

Olha aí a gangue toda junta…
Somos Carnaval - Timbalada - Carnaval de Salvador

Como o trio de apoio não estava tão cheio de gente, com 1 hora lá em cima nós já estávamos amigos de todo mundo e fazendo a maior bagunça (respeitosamente, claro). Isso que é o massa do Carnaval!

Alguns, como eu, queriam descer e voltar para o calor e a energia da avenida. Outros queriam aproveitar aquela oportunidade e ficar até o final (e descansar as pernas).

E animação e curtição foi até o final do Bloco. Descemos do trio só quando acabou tudo tudo tudo. Enfim, fomos expulsos. O Segurança: “galera, vumbora por favor. o trio já acabou tem 10 minutos”.

Acabou o bloco. Acabou o trio. Mas quem disse que a energia acabou?

Voltamos para nosso apartamento, lá pela 23h30, e a zueira continuou. Pegamos nossos instrumentos, colocamos uns enfeites de carnaval e descemos para a rua, fazer o “bloco Somos Carnaval”. Desafinadamente mas animadamente, ficamos até a madrugada na bagunça.

Bloco Somos Carnaval - Timbalada - Carnaval de Salvador
Pense numa peruca bonita…
Bloco Somos Carnaval - Timbalada - Carnaval de Salvador
Batucada comendo solta.

LIÇÕES DO DIA

  • Tenha muita atenção e organização na hora de comprar os abadás nas ruas de salvador. Observe nossas dicas!
  • Organize suas finanças e fique de olho se vai precisar sacar mais dinheiro. O ideal é sacar até a sexta, quando os shoppings funcionam normalmente e as agências ainda estão abertas normalmente.
  • Chegue pontualmente no seu bloco para ver a concentração e o comecinho da farra.
  • Não são todos os blocos que permitem subir no carro de apoio, mas lembre disso. Chegue em alguém da organização do Bloco e pergunte se tem como subir!
  • Bloco da Timbalada? Sim, vale muito a pena!

Curtiram a história de hoje? Fala pra gente aqui como foi a sua sexta-feira de Carnaval! Se você também foi para a Timbalada, compartilhe sua impressão aqui embaixo!

O quê? Voce ainda não leu as histórias dos dias anteriores? Não seja por isso…
O 1ª dia de pré carnaval (Ensaio do Harmonia)
O 2ª dia de pré-carnaval (Olodum)
O 1º dia de carnaval (Abertura do Carnaval)
O 2º dia de carnaval (Wesley Safadão)
Clique nos links aí, vá!

Axé!


Fechar
Sócio-Fundador desse projeto meio louco chamado Somos Carnaval.
  • Tharsio Virgens

    Saí pelo segundo ano consecutivo na Timba o bloco. Porém, no sábado! O bloco neste dia é superlotado, mas de timbaleiros de raiz! A galera super animada! Existiram algumas brigas dentro do bloco! O repertorio para quem é timbaleiro de verdade é um caso a parte! De homenstruado a Carta de coracaozinho….. #Chegachoro. Em 2017 estarei novamente no sabado timbaleiro! #Penseminhacor

  • Fernanda

    Que contagiante! Esse ano tenho que ir no bloco Timbalada, preciso sentir essa emoção ao vivo.

  • Mayara Amorim

    Nossa, que artigo massa!!!! Pude viajar em cada linha escrita aqui. Sou timbaleira e sou suspeita pra falar. Esse ano sexta estava no bloco Vumbora. Porém, como de lei, todo ano saio sábado na Timba. Esse ano estava superlotado, mas nada que me impedisse de entrar manda famosa rodinha que o Denny pede pra fazer. Fiz vários vídeos curtindo e emocionado. Posso sair em qualquer bloco em SSA, mas a prioridade e preferência sempre serão sair na Timbalada. Também saí na segunda no Bloco Balada com a Timba e achei maravilhoso!!! Pra quem nunca saiu não Timba, acho uma ótima opção sair no Balada, já que é um bloco mais “vazio” e com menos nativos. Independentemente do bloco, o importante é sair ao menos um dia na Timbalada e explorar o axé de raiz…coisa linda de se ver e se arrepiar todo! Adorei as fotos, aproveitei ver os vídeos e matar aquela saudade do carnaval e ri com a peruca do Augusto rsrrsrs. “Sou Timbalada, eu sou timbaleiro. Sou brasileiro, estrangeiro em todo lugar, êa!”
    Viva a Timbalada, viva o carnaval de Salvador! E que chegue logo por sinal!
    #SomosCarnaval #ChegaLogo!

  • Lari

    Muito bom esse artigo dicas ótimas, valeu @somoscarnaval , e essa vibe da timbalada, avemaria show!!!

  • Almir Atualpa

    Eu Graças a Deus eu Almir e Minha esposa Nicole tivemos o graaaaaaaande prazer de disfrutar de todas emoções é inesplicável. Show de bola e em 2018 nosso projeto canaval está começando a ser elaborarado e só vou c/ Somos Carnaval como fomos esse ano. Augusto nosso PR é show e a turma que nós fomos top d++++++.

  • Leonardo Dutra

    Fica a pergunta…Qual é o caô p subir no trio??? Essa eu quero aprender kkkk

  • Ricardo

    Dicas de do somos carnaval, realmente e um correria a compras dos babadas com cambistas preciso muitos variados. Só passei por isso uma vez e foi essa saga ai. Kkkkk, enquanto a sexta da Timbalada garanto muito Top, energia contagiante da galera, do bloco no todo e o repertorio show e se falando no horário de desfile melhor ainda digo por experiência própria de folião timbaleiro a 14anos.
    Agora conta ai galera qual o canal para subir no carro de apoio q ate hoje eu não descobrir.
    Mais uma vez parabéns pelo artigo ainda mais falando da Timbalada

  • André Luiz

    Esse foi o melhor dia pra mim! Também era uma das principais coisas que eu queria ver no carnaval de Salvador e não decepcionou nem um pouco. Na verdade, me surpreendeu a energia que rola lá, é algo difícil mesmo de descrever, mas que com certeza vale a pena viver! Eu quero ir de novo muitas vezes ainda 🙂

  • Sheila

    Oi, e muito cansativo ir atrás do trio? Se cansar o que fazer pra descansar ou sentar?

    • Augusto Rabelo

      Oi Sheila! Olha, é menos cansativo do que as pessoas pensam…Mas, sem dúvida, 4h/5h atrás do trio podem cansar. Mas você não é obrigada a ficar o percurso inteiro. A qualquer momento você pode sair do bloco e descansar, esticar as pernas. É tranquilo!

  • Cícero Leonardo

    Sensacional! Depois desse texto não tem como perder Timbalada… Já vi Timba em Camarote, mas bloco acredito que seja uma energia totalmente diferente. Sou fã demais! #valeunação

  • Pamela Salim

    Shoooow!!! Que chegue logo o carnaval! Já quero me pintar todinha no Timbalada!

  • Hamilton Júnior Miranda

    Bloco Timbalada é contagiante.